terça-feira, 11 de outubro de 2011

Notícias


Comer fibras, beber água e fazer exercícios ajudam a soltar o intestino

Proctologista Fábio Atui e pediatra Ana Escobar foram convidados de hoje.
Conheça seu intestino por dentro e veja 5 dicas para prevenir doenças.

Do G1, em São Paulo
É comum as pessoas terem intestino preso, principalmente as mulheres. Segundo enquete feita aqui no nosso site, 35% dos internautas vão ao banheiro a cada dois ou três dias.
Para conhecer melhor o seu intestino por dentro, o Bem Estar desta terça-feira (11) mostrou um órgão gigante. O proctologista Fábio Atui e a pediatra Ana Escobarderam cinco dicas infalíveis para ter regularidade na evacuação e prevenir doenças.
iNTESTINO  (Foto: Arte/G1)
O intestino gigante mostrado no programa é uma ampliação do intestino grosso (cólon), que fica na parte final do tubo intestinal, antes de o alimento ser excretado. Ele tem 15 metros e é um projeto da Associação Brasileira de Prevenção do Câncer de Intestino (Abrapreci). Viaja o Brasil divulgando as medidas preventivas de doenças intestinais. Foi uma ideia da coloproctologista e presidente da entidade Angelita Habr-Gama.
O intestino preso favorece o surgimento de problemas como a diverticulite. Divertículos são pequenos sacos que surgem na parede do intestino grosso. São formados por uma camada interna, chamada mucosa, e outra externa, a serosa – ambas muito finas e próximas aos vasos que nutrem o intestino.
Não há uma relação direta entre os divertículos e o câncer de intestino: apenas alguns sintomas são parecidos. O aparecimento da diverticulite está relacionado com a falta de fibras na alimentação.
A fibra, quando entra no intestino, não é quebrada nem digerida. Isso permite que ela grude nos radicais livres (responsáveis pelas toxinas e pelo envelhecimento do organismo) e os elimine.
Todos os alimentos que deixam resíduos de fibra soltam o intestino. As fibras absorvem líquido e também ajudam a formar o bolo fecal, que distende a parede do intestino e força a evacuação.
Uma alimentação muito gordurosa exige muito do tubo digestivo, porque a gordura é difícil de ser digerida. A bile é como se fosse um detergente de gordura e precisa de muito esforço para quebrar todas as moléculas de gordura quando são ingeridas em grande quantidade.


Outros alimentos prendem o intestino. Basicamente, isso acontece quando a pessoa bebe pouca água e come pouca fibra.
A presença dos alimentos no intestino faz com que as células do intestino caminhem nas vilosidades da parede intestinal, ajudando a absorção dos nutrientes. É por isso que é importante beber muito líquido, para facilitar o deslocamento das células do intestino e, consequentemente, a renovação delas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, Amei sua vista, Obrigado, volte sempre!

Bom dia, estou muito feliz com meu jejum até aqui eu já eliminei -2 kg. ontem dei uma exagerada no almoço mas me controlei logo em seguida...